Kremlin rejeita acusação dos EUA sobre violação de tratado de controle de armas

MOSCOU (Reuters) - O Kremlin refutou nesta quinta-feira as acusações dos Estados Unidos de que a Rússia teria violado o "espírito e a intenção" de um tratado de controle de armas.

"A Rússia foi, é e será cumpridora de todas as obrigações internacionais, incluindo aquelas do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF)... mesmo quando não são inteiramente do interesse da Rússia", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a repórteres.

O vice-presidente do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas dos EUA, Paul Selva, disse na quarta-feira que a Rússia havia preparado um míssil de cruzeiro, violando o "espírito e a intenção" de um tratado de controle de armas e representando uma ameaça à Otan.

(Reportagem de Dasha Afanasieva)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos