Homem-bomba mata 25 pessoas em tribunal de Damasco, diz mídia estatal

BEIRUTE (Reuters) - Um homem-bomba matou ao menos 25 pessoas em um tribunal de Damasco nesta quarta-feira, noticiou a mídia estatal da Síria, no segundo ataque a bomba na capital do país em cinco dias.

O atentado visou o Palácio da Justiça, no centro de Damasco, perto da Cidade Velha. A agência estatal de notícia Sana disse que, além do saldo de mortes inicial, várias pessoas ficaram feridas.

O agressor suicida detonou o artefato explosivo por volta das 13h20 (horário local), quando a polícia tentou revistá-lo e o impediu de entrar no edifício, disse o chefe de polícia de Damasco, segundo a televisão estatal.

A explosão atingiu o tribunal "em um momento no qual a área estava repleta" de advogados, juízes e civis, ferindo um número grande de pessoas, disse Ahmed al-Sayyid, autoridade de alto escalão do governo, à rede estatal Al-Ikhbariya TV.

Nenhum outro detalhe estava disponível de imediato.

No sábado, dezenas de pessoas, a maioria peregrinos xiitas, foram mortas em um ataque suicida duplo em Damasco reivindicado por uma aliança de grupos jihadistas conhecida como Tahrir al-Sham.

(Por Ellen Francis, em Beirute, e Kinda Makieh, in Damasco)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos