Patrimônio líquido de Trump encolheu para U$3,5 bilhões, diz Forbes

Por Barbara Goldberg

NOVA YORK (Reuters) - Embora o cacife político de Donald Trump tenha aumentado, seu patrimônio líquido se reduziu a meros 3,5 bilhões de dólares, ou cerca de um terço do que ele afirmava ter durante sua bem-sucedida campanha à Presidência dos Estados Unidos, de acordo com a lista mais recente da revista Forbes dos bilionários do mundo.

Trump caiu para a posição número 544 da compilação anual da publicação, em grande parte por causa do impacto do declínio do mercado imobiliário de Nova York sobre suas holdings.

    "O mercado imobiliário de Midtown Manhattan está mal; por conseguinte, a fortuna de Donald Trump também está", disse a revista de negócios em um comunicado.

    O empresário transformado em político, ficou mais distante de Bill Gates, líder perene da lista.

    Gates, filantropo e cofundador da Microsoft Corp, foi seguido neste ano pelo presidente do conselho da Berkshire Hathaway Inc,  Warren Buffett, e o fundador da Amazon.com Inc, Jeff Bezos, ficou com o terceiro lugar.

    Ao mesmo tempo que o patrimônio líquido de Trump tenha recuado, mais pessoas se classificaram para a lista --neste ano a Forbes compilou um recorde de 2.043 bilionários.

    "Os mercados de ações em alta, os preços mais altos das commodities e o bom e velho empreendedorismo ajudaram a fazer deste um ano recorde em termos de riqueza criada ao redor do globo", disseram os editores Luisa Kroll e Kerry Dolan.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos