SpaceX lança 1º foguete reciclado em teste bem-sucedido para cortar custos

CABO CANAVERAL, Estados Unidos (Reuters) - Um foguete da SpaceX recuperado no mar após seu primeiro voo, quase um ano atrás, decolou novamente nesta quinta-feira da Flórida em uma missão de transporte de satélite, e ao retornar fez um pouso bem-sucedido em uma plataforma flutuante no mar.

A dupla façanha de lançar um foguete reutilizável e recuperá-lo para uma possível terceira missão representa mais um marco para o empresário bilionário Elon Musk e sua empresa privada Space Exploration Technologies em uma busca para reduzir os custos de lançamento.

O veículo de lançamento reutilizável Falcon 9, que antes voou em abril de 2016, partiu do Centro Espacial Kennedy às 19h27 (horário de Brasília) para colocar um satélite de comunicações em órbita para a SES, sediada em Luxemburgo.

"Isso vai ser em última análise uma enorme revolução no voo espacial", disse Musk durante um transmissão via internet do centro de controle de lançamento em Cabo Canaveral, na Flórida, imediatamente após o pouso autônomo do Falcon 9. "Foram 15 anos para chegar a este ponto."

Ao reutilizar foguetes, a SpaceX pretende cortar custos em cerca de 30 por cento, disse a empresa, que apontou o custo de um trajeto do Falcon 9 em 62 milhões de dólares, mas ainda não anunciou um preço para o voo em um foguete reciclado.

(Reportagem de Irene Klotz)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos