Trump se concentra em rede social, não em investigação sobre Rússia, diz democrata

WASHINGTON (Reuters) - O mais graduado democrata no Comitê de Inteligência da Câmara dos Deputados dos EUA acusou o presidente Donald Trump, neste domingo, de tentar distrair o Congresso das investigações sobre o papel da Rússia nas eleições norte-americanas de 2016.

O deputado Adam Schiff disse que o presidente republicano e seus assessores tentam colocar o foco sobre a responsabilidade de vazamentos ilegais de informação confidencial.

Comitês do Congresso, assim como o FBI, estão investigando o que agências de inteligência dos EUA concluíram ser tentativas da Rússia de influenciar a eleição presidencial de 8 de novembro a favor de Trump. Eles também buscam quaisquer ligações entre Rússia e Trump.

Schiff disse que o próprio Trump tentou tirar o foco do Congresso para longe de sua missão principal de investigar qualquer intervenção estrangeira.

“Acho que seus tuítes contam a história”, disse Schiff à rede CNN. “E a história é ‘olhe para lá’ --aos vazamentos de informações-- e ‘olhe para cá’ --para qualquer coisa que a administração da Obama tenha feito errado sobre coleta incidental ou qualquer coisa mais.”

(Por Doina Chiacu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos