Piratas sequestram navio indiano no litoral da Somália

BOSASSO, Somália (Reuters) - Piratas sequestraram uma embarcação indiana no litoral da Somália, o segundo ataque em semanas depois de anos sem capturas deste tipo, informaram fontes de segurança e da indústria nesta segunda-feira.

As Operações de Comércio Marítimo do Reino Unido, que coordenam o tráfego comercial na área do Golfo de Áden, disseram ter recebido informações de que uma embarcação conhecida como dhow foi sequestrada "na vizinhança (da Ilha) de Socotra".

    A entidade a identificou como Al Kausar e disse que ela seguia de Dubai ao porto de Bosasso, em Puntland, região semiautônoma do norte somali.

A força naval da União Europeia, que patrulha a costa da Somália como parte de uma operação internacional antipirataria, disse na tarde desta segunda-feira que o dhow foi avistado mais ao sul, nos arredores do porto somali de Hobyo.

    "Uma aeronave de patrulha marítima da Força Naval da UE confirmou a localização exata do dhow e tentou estabelecer comunicações por rádio, mas sem sucesso", disse a força em um comunicado publicado em seu site.

    "Investigações e operações estão em andamento".

Burhan Warsame, ministro de Portos e Transporte Marítimo da região de Galmudug, disse que as autoridades locais não irão permitir que o navio atraque em Hobyo, que está em sua jurisdição.

"Garantimos a vocês que piratas não podem trazê-lo aqui. Temos forças potentes de Galmudug em Hobyo", disse ele à Reuters.

(Por Abdiqani Hassan)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos