Premiê japonês diz que concordou com Trump que lançamento de míssil da Coreia do Norte é ameaça séria

TÓQUIO (Reuters) - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse nesta quinta-feira que ele e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, concordaram em ligação telefônica que o lançamento de míssil balístico mais recente da Coreia do Sul é "uma perigosa provocação e uma séria ameaça".

Abe também disse a repórteres em sua residência oficial que está observando como a China irá responder a Pyongyang após o presidente Xi Jinping se encontrar com Trump no resort Mar-a-Lago do líder norte-americano na Flórida.

    Em seus curtos comentários televisionados nacionalmente, Abe disse que Trump lhe disse que todas as opções estavam na mesa sobre como lidar com a Coreia do Norte.

    Pyongyang realizou um lançamento-teste de míssil balístico ao mar de sua costa leste nesta quarta-feira, um dia antes da cúpula entre Trump e Xi, onde o crescente programa bélico da Coreia do Norte tomará o palco principal.

    Trump disse repetidamente que a China precisa fazer mais para contar o desenvolvimento nuclear e de mísseis da Coreia do Norte. No domingo, ele apresentou a possibilidade de usar comércio como uma balança para assegurar cooperação chinesa, enquanto sugeria que Washington pode lidar com os programas nuclear e de mísseis de Pyongyang sozinho caso seja necessário.

(Por William Mallard)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos