Ex-presidente Ricardo Lagos desiste de candidatura à Presidência do Chile

SANTIAGO (Reuters) - O ex-presidente chileno Ricardo Lagos, de centro-esquerda, desistiu nesta segunda-feira de disputar as próximas eleições presidenciais depois que o governista Partido Socialista decidiu no fim de semana que apoiará a candidatura do senador independente Alejandro Guillier.

Lagos, militante socialista e lançado como pré-candidato do Partido pela Democracia, desistiu de seguir em frente na disputa eleitoral em meio a um baixo apoio nas pesquisas eleitorais e pequena adesão entre os partidos de esquerda da coalizão governista.

"Decidi renunciar à aspiração de alcançar novamente a Presidência da República", disse Lagos a jornalistas.

O Partido Socialista decidiu no domingo apoiar a candidatura independente do senador Alejandro Guillier, um ex-jornalista de esquerda que é membro da coalizão governista Nova Maioria e que se comprometeu a avançar com as reformas da atual presidente, a socialista Michelle Bachelet, no país que é o maior produtor de cobre no mundo.

(Reportagem de Antonio de la Jara)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos