Mattis diz não haver dúvida de que governo sírio realizou ataque com gás; política dos EUA não muda

WASHINGTON (Reuters) - O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Jim Mattis, disse nesta terça-feira que a política militar dos Estados Unidos na Síria não mudou e continua focada em derrotar militantes do Estado Islâmico mesmo depois que os EUA lançaram 59 mísseis de cruzeiro em uma base aérea síria, na semana passada.

"A meta agora na Síria, e a campanha militar está focada em conseguir isso, é destruir o Isis na Síria", disse Mattis em entrevista coletiva no Pentágono, usando um acrônimo para o Estado Islâmico.

Ele acrescentou que não há dúvida de que o governo sírio é responsável por um ataque com gás venenoso e que usou armas químicas várias vezes no passado.

(Reportagem de Idrees Ali e Phil Stewart)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos