Suspeito em caso de assassinato mostrado no Facebook se mata após perseguição, diz polícia

(Reuters) - O homem que a polícia disse ter publicado um vídeo dele próprio no Facebook matando um idoso se matou com um tiro após uma "breve perseguição" policial no Estado norte-americano da Pensilvânia nesta terça-feira, informou a polícia.

Steve Stephens era acusado de ter atirado em Robert Godwin em uma calçada em Cleveland no domingo, antes de fugir em um carro e publicar o vídeo do assassinato no Facebook, se tornando o alvo de uma busca nacional.

(Reportagem de Jonathan Allen)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos