Rússia diz que responsável por bomba no metrô foi bancado por "terroristas internacionais" da Turquia

MOSCOU (Reuters) - Investigadores russos disseram nesta quinta-feira que o homem suspeito de detonar uma bomba no metrô de São Petersburgo no início do mês tinha recebido dinheiro de um "grupo terrorista internacional" na Turquia, informou a agência de notícias RIA.

Catorze pessoas foram mortas no ataque.

O Comitê de Investigação da Rússia disse que Akram Azimov, irmão do suspeito de ter organizado o ataque, tinha transferido dinheiro da Turquia para o suposto responsável, Akbarzhon Jalilov, segundo a RIA.

(Reportagem de Jack Stubbs e Vladimir Soldatkin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos