Oposição avança em pesquisas de opinião no Reino Unido, mas partido de May segue na liderança

Por Alistair Smout e William James

LONDRES (Reuters) - Três pesquisas de opinião mostraram um aumento no apoio ao Partido Trabalhista, no Reino Unido, embora o Partido Conservador da primeira-ministra Theresa May mantivesse a liderança antes das eleições gerais convocadas para 8 de junho, que definirão os termos da saída do país da União Europeia (UE).

Pesquisas publicadas na noite de sábado mostraram que o Partido Conservador continuava entre 11 e 17 pontos na frente do Trabalhador, o que ainda é suficiente para garantir uma clara vitória para May implementar o resultado do referendo do Brexit realizado no ano passado.

Contudo, as pesquisas mostraram que a diferença entre os dois partidos diminuiu em relação aos 25 pontos reportados no fim de semana passada.

Uma delas, conduzida pelo YouGov para o jornal Sunday Times, mostrou que a liderança do Partido Conservador diminuiu para 13 pontos, ante 23 pontos na semana passada. Conforme o YouGov, 44 por cento dos entrevistados estavam a favor dos conservadores, contra 48 por cento no fim de semana passado. O apoio ao Partido Trabalhista, por sua vez, subiu para 31 por cento, de 25 por cento anteriormente.

"Parece como se alguns dos eleitores a favor do Partido Trabalhista em 2015 que estavam dizendo 'não sei' uma semana atrás agora estão dizendo o Partido Trabalhista", escreveu o diretor de pesquisa do YouGov, Anthony Wells, para o site ukpollingreport.co.uk.

Uma pesquisa anterior conduzida pela Opinium mostrou que o apoio aos conservadores havia crescido dois pontos, mas que a diferença entre os dois grandes partidos teria diminuído, uma vez que os trabalhadores avançaram quatro pontos nas intenções de voto, enquanto outros partidos menores perderam suporte.

A menor diferença entre os dois principais partidos foi mostrada por uma pesquisa da ORB para o Sunday Telegraph. Nela, o Partido Conservador tinha 42 por cento das intenções de voto, e a oposição Trabalhista 31 por cento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos