Explosão em mina de carvão mata 35 no Irã, diz mídia estatal

ANCARA (Reuters) - Uma explosão em uma mina de carvão no norte do Irã nesta quarta-feira matou ao menos 35 trabalhadores e feriu dezenas, relatou a mídia estatal.

A explosão ocorreu na mina de Zemestanyurt por volta das 12h45, no horário local, quando trabalhadores tentaram dar partida em uma locomotiva.

Ali Rabiei, ministro das Cooperativas, Trabalho e Bem-Estar social, disse segundo a agência de notícias semioficial Tasnim que 35 mineiros morreram no incidente.

A mídia iraniana relatou que mais de 30 dos feridos foram transferidos para hospitais próximos.

A agência de notícias semioficial Fars relatou anteriormente que mais de 50 trabalhadores ficaram presos em um túnel de dois quilômetros de extensão repleto de gás, o que dificultou esforços de resgate.

A mina possui 500 trabalhadores e a explosão aconteceu durante mudança de turnos, relatou a Fars.

O presidente Hassan Rouhani enviou o ministro do Trabalho e Bem-Estar à mina para supervisionar operações de resgate e tratamento das vítimas, segundo a agência de notícias estatal Irna.

O Irã extraiu 1,68 milhão de toneladas de carvão em 2016, um aumento em relação a anos anteriores, graças ao alívio de sanções internacionais. O país usa a maior parte na produção doméstica de aço e exporta somente uma fração. 

(Por Parisa Hafezi)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos