Militantes do Al Shabaab atacam base militar da Somália e matam soldados

Por Feisal Omar e Abdi Sheikh

MOGADÍSCIO (Reuters) - Militantes do Al Shabaab atacaram uma remota base militar da Somália a noroeste da capital Mogadíscio, nesta terça-feira, matando vários soldados, segundo autoridades e militantes.

O grupo islâmico, que realizou diversos ataques na região nos últimos anos, disse que tomou controle de toda a cidade de Goofgaduud.

"Nós capturamos Goofgaduud. Nós matamos 16 soldados na batalha", disse o xeique Abdiasis Abu Musab, o porta-voz de operações militares do Al Shabaab.

Autoridades do governo e do Exército não foram capazes de confirmar imediatamente a tomada de Goofgaduu, que fica aproximadamente 250 quiloômetros a noroeste de Mogadíscio.

"O Al Shabaab atacou a nossa base em Goofgaduud na manhã, e emboscou outras forças que foram enviadas para reforço", disse Mohamed Aden, uma autoridade militar da região.

"Nós perdemos ao menos sete soldados e um veículo militar foi queimado", disse à Reuters.

Os números de mortes anunciados pelo Al Shabaab e por autoridades diferem com frequência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos