EUA provavelmente vão expandir proibição de laptops em aviões

WASHINGTON (Reuters) - O chefe do Departamento de Segurança Interna dos EUA, John Kelly, ainda não tomou uma decisão final sobre a extensão da proibição de dispositivos eletrônicos maiores, como laptops, nos aviões, mas o departamento ainda acredita ser provável a adoção da medida, disse um porta-voz na terça-feira.

O porta-voz do departamento, David Lapan, recusou-se a indicar quando a decisão seria tomada, mas reiterou ser provável que as restrições sejam expandidas. Ele também disse que qualquer expansão poderia afetar aeroportos internacionais fora da Europa.

Em março, os Estados Unidos anunciaram restrições de laptops em voos procedentes de 10 aeroportos, incluindo Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Catar e Turquia, devido a temores de que uma bomba possa ser ocultada em dispositivos eletrônicos embarcados em aviões.

(Por Julia Edwards Ainsley e David Shepardson)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos