Putin diz que pode provar que Trump não passou informações secretas para Rússia

SOCHI, Rússia (Reuters) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não passou informações confidenciais ao ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, durante um encontro em Washington na semana passada, e que pode comprovar sua afirmação.

Falando em uma coletiva de imprensa ao lado do primeiro-ministro italiano, Paolo Gentiloni, Putin brincou que Lavrov não tinha passado para ele o que chamou de segredos não existentes.

Putin disse que a Rússia está disposta a entregar uma transcrição do encontro de Trump com Lavrov a parlamentares norte-americanos se isso ajudar a tranquilizá-los.

Duas autoridades norte-americanas disseram na segunda-feira que Trump tinha revelado informações altamente secretas para Lavrov sobre uma operação planejada do Estado Islâmico, em mais uma polêmica envolvendo a Casa Branca desde que Trump assumiu o cargo.

(Reportagem de Denis Pinchuk, Jack Stubs e Maria Tsvetkova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos