Ataque aéreo dos EUA na Síria atinge "ponto militar" e causa mortes, diz mídia estatal

BEIRUTE (Reuters) - Uma fonte militar do lado do governo sírio disse nesta sexta-feira que um ataque aéreo dos Estados Unidos contra uma milícia apoiada por Damasco na véspera atingiu "um de nossos pontos militares", sem elaborar, informaram meios de comunicação do Estado.

O ataque aéreo na noite de quinta-feira deixou diversos mortos e causou danos materiais, segundo a fonte, que acrescentou que o incidente dificultou esforços do Exército sírio e de aliados para combater o Estado Islâmico.

As forças armadas norte-americanas realizaram o ataque enquanto se dirigiam à base militar de al-Tanf, no sul da Síria, perto da fronteira Síria-Iraque-Jordânia, usada pelos Estados Unidos e pelas forças rebeldes que o país apoia.

Autoridades dos EUA disseram que o ataque foi estritamente uma medida de defesa.

A Rússia, aliada da Síria, disse nesta sexta-feira que o ataque atingiu civis e que é inaceitável, informaram agências de notícias russa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos