Trump será "muito duro" com aliados da Otan, diz secretário de Estado

BRUXELAS (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, será "muito duro" quando se encontrar com seus aliados da Otan pela primeira vez, em Bruxelas, na quinta-feira, e vai cobrar que aumentem suas gastos com defesa, disse o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson.

Tillerson disse a jornalistas a bordo do avião presidencial Air Force One que Trump "realmente quer que os membros da Otan intensifiquem e cumpram suas obrigações sob a partilha de encargos."

"Eu acho que vocês podem esperar que o presidente seja realmente duro com eles", disse Tillerson. "Esse vai ser o centro de sua mensagem à Otan."

Tillerson acrescentou que Trump acredita ser importante para a Otan aliar-se a uma coalizão internacional de combate ao Estado Islâmico e que o presidente norte-americano apoia as garantias de segurança mútuas da aliança militar ocidental.

(Reportagem de Steve Holland)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos