Pequim aponta Cai Qi como chefe do partido, diz mídia estatal

PEQUIM (Reuters) - O prefeito de Pequim Cai Qi foi nomeado como chefe do Partido Comunista da capital Pequim, segundo reportagem da agência de notícias oficial Xinhua deste sábado.

Cai é próximo do presidente chinês, Xi Jinping, disseram à Reuters fontes com ligações com a liderança, e tem praticamente assegurado um assento no Politburo durante o 19º Congresso do Partido, a ser realizado no outono do país asiático.

O Politburo possui atualmente 25 membros, mas não está claro se o número de assentos pode ser expandido, reduzido ou permanecer o mesmo mais à frente.

Cai e Xi se envolveram durante o tempo em que cumpriram diversas posições dentro do governo, ambos na província de Zhejiang, no leste do país, e na província de Fujian, ao sul.

Esta é a última medida de Xi para colocar seus aliados em posições-chave antes do Congresso do Partido em Pequim.

No passado, políticos serviram como governadores provinciais ou prefeitos de cidades por cinco anos antes de serem promovidos secretários do partido da província ou cidade. O cargo de secretário do partido supera o de governador e de prefeito.

Cai foi promovido rapidamente, uma vez que se tornou o prefeito em exercício de Pequim em outubro do ano passado e prefeito em janeiro deste ano.

Antes de se tornar o prefeito em exercício, Cai era uma autoridade sênior da Comissão de Segurança Nacional da China.

(Reportagem de Benjamin Kang Lim)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos