Atirador que invadiu cassino de Manila se matou, diz polícia filipina

MANILA (Reuters) - A polícia filipina informou que um homem armado que disparou tiros dentro de um resort de entretenimento e cassino na capital, Manila, cometeu suicídio.

"Nossa avaliação é que ele se queimou. Ele cometeu suicídio", disse Oscar Albayalde, chefe da polícia de Manila, em uma entrevista de rádio na sexta-feira (horário local).

O homem invadiu um cassino, abriu fogo e incendiou mesas de jogos na capital das Filipinas, causando pânico no país onde o alerta está alto após uma lei marcial declarada no sul, mas a suspeita é de que foi uma tentativa de roubo.

(Reportagem de Manuel Mogato e Neil Jerome Morales)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos