Terceiro autor de ataque em Londres era marroquino-italiano, diz fonte da Itália

Em Roma

O terceiro militante islâmico que realizou um ataque em Londres no sábado, deixando 7 pessoas mortas, foi identificado como Youssef Zaghba, um marroquino-italiano, afirmou uma fonte do serviço de inteligência da Itália nesta terça-feira (6).

A fonte afirmou que a mãe de Zaghba mora na cidade de Bologna, no norte da Itália, confirmando uma reportagem do site do jornal italiano "Corriere della Sera".

O jornal informou que Zaghba havia sido parado no aeroporto de Bologna em 2016 quando tentava voar para a Síria e que autoridades italianas teriam avisado o Reino Unido sobre seus movimentos. Ele nasceu na cidade de Fez, no Marrocos, em 1995.

A polícia de Londres disse que ainda não irá identificar o terceiro agressor. "Nós estamos realizando inquéritos e quando nós formos capazes de confirmar o nome, nós iremos", disse um porta-voz. Os outros dois envolvidos com o ataque foram identificados na segunda-feira.

(Reportagem de Antonella Cinelli)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos