Autoridade iraniana diz que agressores estão cercados no Parlamento, afirma agência

LONDRES (Reuters) - O vice-ministro das Relações Exteriores do Irã disse que as forças de segurança do país cercaram os agressores que invadiram o Parlamento iraniano, no centro de Teerã, nesta quarta-feira.

Os agressores, que estavam vestidos como mulheres, entraram pelo portão principal do Parlamento e abriram fogo, disse Mohammad Hossein Zolfaghari, segundo a agência de notícias Tasnim.

"Um dos agressores no Parlamento foi morto a tiros, e um detonou um colete suicida", acrescentou.

(Reportagem de Bozorgmehr Sharafedin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos