Macron confirma terceiro francês morto em ataque em Londres; total de vítimas sobe para 8

PARIS (Reuters) - Um terceiro cidadão francês morreu como consequência do ataque de sábado em Londres, disse o presidente da França, Emmanuel Macron, nesta quarta-feira, o que elevou o número de mortes no incidente para oito.

"O mais recente número de mortes foi confirmado nesta manhã, que é de três mortos e oito feridos do lado francês", disse Macron, durante uma coletiva de imprensa conjunta com o primeiro-ministro dinamarquês, Lars Lokke Rasmussen.

A polícia britânica, que estava procurando por um francês desaparecido desde o ataque de sábado na London Bridge, disse ter encontrado um corpo no rio Tâmisa.

A polícia acrescentou que a identificação formal do corpo ainda não ocorreu, mas que a família do francês desaparecido, Xavier Thomas, de 45 anos, foi informada sobre a descoberta. Macron não revelou a identidade da vítima.

O jornal Le Parisien identificou o segundo francês a morrer no ataque como Sebastien Belanger, de 36 anos, enquanto a outra vítima francesa é Alexandre Pigeard, de 27 anos.

(Reportagem de Richard Lough e Jean-Baptiste Vey, em Paris; e Kate Holton em Londres)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos