"Super Bowl de Washington", depoimento de ex-diretor do FBI na TV promete agitar os EUA

Por Ian Simpson

WASHINGTON (Reuters) - Donos de bares de uma costa a outra dos Estados Unidos ofereceram promoções de café da manhã como os coquetéis "impeachmint" (trocadilho com 'impeachment' e 'menta') e doses de vodca russa por 5 dólares, nesta quinta-feira, e prometeram ligar os televisores para acompanhar a transmissão ao vivo do depoimento do ex-diretor do FBI James Comey ao Congresso.

Do Capitólio, em Washington, a San Francisco, "festas de telespectadores" induziram os interessados em política a fugirem da hora de pico matinal no trânsito e procurarem bares e restaurantes para assistir a um evento que alguns compararam a um "Super Bowl de Washington."

Comey, demitido pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, no mês passado, enquanto liderava uma investigação da Polícia Federal norte-americana sobre uma suposta interferência da Rússia na eleição presidencial do ano passado, iniciou depoimento ao Comitê de Inteligência do Senado às 11h (horário de Brasília).

Em uma cópia adiantada de seu testemunho por escrito divulgada na quarta-feira, Comey disse que Trump lhe pediu, em particular, para desistir de uma investigação sobre seu ex-assessor de Segurança Nacional, Michael Flynn, como parte do inquérito sobre a Rússia.

O drama político de alta voltagem do momento atraiu o tipo de interesse público geral mais frequentemente associado a grandes eventos esportivos e premiações.

O bar Axelrad Beer Garden, de Houston, foi um exemplo típico com sua debochada promoção online.

"Venha tomar uma cerveja conosco logo cedo e se envolver em um debate amigável com outros clientes", disse uma postagem em seu Facebook. O bar também está oferecendo um drinque chamado impeachmint.

Em Washington, o Shaw's Tavern foi um de vários bares que prometeram abrir as portas meia hora antes de Comey começar a falar, e ofereceu a promoção de café da manhã chamada "FBI" por 10 dólares.

O Union Pub, de Washington, planejava oferecer uma rodada de bebidas aos clientes cada vez que Trump, um usuário frequente do Twitter, postar durante o depoimento de Comey.

Vários bares de San Francisco pretendiam abrir às 6h locais para que seus frequentadores possam assistir ao depoimento.

"É importante estar bem informado", disse o bartender Darren "Buddy" Jaques do Mix, onde a TV estará sintonizada na audiência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos