Destróier norte-americano quase naufraga após colisão; corpos são encontrados, diz Marinha dos EUA

YOKOSUKA, Japão (Reuters) - Os corpos de marinheiros desaparecidos foram encontrados em compartimentos inundados do USS Fitzgerald, que quase afundou após uma colisão com um cargueiro na costa do Japão, o que abriu uma fenda sob a linha d’água do navio, disse o comandante da Sétima Frota da Marinha dos Estados Unidos neste domingo.

O Vice-almirante Joseph P. Aucoin não quis dizer quantos dos marinhos desaparecidos foram encontrados, mas a imprensa japonesa diz que todos morreram. “Por preocupação com as famílias e o processo de notificação, eu não direi quantos foram encontrados neste momento”, disse Aucoin em uma coletiva de imprensa.

A busca no mar foi encerrada, disse Aucoin.

O USS Fitzgerald poderia ter afundado, não fosse pelos esforços desesperados da tripulação para salvar o navio, ele disse.

“O dano foi significativo. Há um grande corte sob a água”, disse Aucoin na base naval de Yokosuka, sede da Sétima Frota dos Estados Unidos, com o navio ancorado atrás dele.

“Uma porção significativa da tripulação estava dormindo” quando o destróier colidiu com o cargueiro Filipino, destruindo a cabine do comandante, ele disse.

(Por Tim Kelly e Linda Sieg)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos