Ministro da Economia do Peru diz que tem apoio do presidente e não renunciará

LIMA (Reuters) - O ministro da Economia do Peru, Alfredo Thorne, disse no domingo que tem a confiança do presidente Pedro Pablo Kuczynski e que não renunciará, em resposta a pedidos para que deixe o cargo e à ameaça de censura por parte do Congresso dominado pela oposição.

Em várias mensagens pela rede social Twitter, Thorne disse que não se pode gerar incerteza sobre a gestão da economia, enquanto a oposição pede sua saída sob a acusação de exercer pressão para favorecer um contrato de construção de um aeroporto, o que o ministro nega.

Thorne se defendeu na sexta-feira das acusações,mas não convenceu os opositores, incluindo os do partido de direita Fuerza Popular, do ex-presidente Alberto Fujimori, que domina o Congresso.

(Por Marco Aquino)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos