Rússia critica EUA por abordagem "anticubana" e diz que está ao lado de Havana

MOSCOU (Reuters) - O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse neste domingo que ações "anticubanas" recentemente anunciadas por Washington foram lamentáveis e que Moscou confirma sua solidariedade com Havana.

O ministério também disse que a nova abordagem adotada pelo governo norte-americano em relação à Cuba relembra a “retórica da Guerra Fria”.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ordenou na sexta-feira restrições mais rígidas para os norte-americanos que viajam à Cuba e uma restrição aos negócios norte-americanos com o exército da ilha caribenha, dizendo que estava cancelando o “terrível e mal conduzido acordo” do ex-presidente Barack Obama, que liberalizava as relações com Havana.

(Por Vladimir Soldatkin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos