Rússia não tem confirmação da morte de líder do Estado Islâmico, diz Interfax

MOSCOU (Reuters) - A Rússia não pôde confirmar se o líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, foi morto em um ataque aéreo na Síria no mês passado, disse nesta terça-feira o vice-ministro das Relações Exteriores russo, Gennady Gatilov, segundo a agência de notícias Interfax.

O governo russo afirmou na sexta-feira que suas Forças Armadas podem ter matado o líder máximo do Estado Islâmico, mas os Estados Unidos disseram que não podiam confirmar a morte e autoridades iraquianas se mostraram céticas.

(Reportagem de Katya Golubkova)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos