Após incêndio em Londres, May afirma que outros prédios têm revestimento inflamável

LONDRES (Reuters) - Diversos prédios residenciais britânicos têm revestimento inflamável, disse a primeira-ministra Theresa May nesta quinta-feira, citando os resultados de testes conduzidos depois que um incêndio em um edifício de apartamentos deixou ao menos 79 mortos em Londres.

O fogo consumiu rapidamente o edifício de 24 andares na semana passada, no pior incêndio do Reino Unido desde a Segunda Guerra Mundial. Revestimento exterior adicionado durante uma restauração pode ter desempenhado um papel no incidente, disseram moradores.

O desastre aumentou a pressão sob a primeira-ministra britânica, que já batalhava por sua sobrevivência política após uma eleição antecipada que resultou na perda da maioria parlamentar de seu partido. O incêndio despertou revolta contra cortes do governo no financiamento de governos locais e acusações de negligência criminal.

"(Nós) devemos, claro, ser cuidadosos ao especular o que causou esse incêndio, mas como uma precaução o governo se organizou para testar revestimentos em todos os prédios residenciais relevantes", disse May ao Parlamento.

"Pouco antes de chegar à Câmara, eu fui informada de que um número desses testes voltou como inflamável".

May disse que autoridades locais e serviços de incêndio foram informados e que estão tomando medidas para tornar os prédios seguros e informar os moradores.

(Reportagem de William James e James Davey)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos