Quatro senadores republicanos dizem que não podem apoiar projeto de lei de saúde

WASHINGTON (Reuters) - Quatro senadores republicanos conservadores norte-americanos disseram que não estão preparados para apoiar a proposta de saúde republicana do Senado revelada nesta quinta-feira, quando chegar ao plenário da Casa, provavelmente na próxima semana.

"Neste momento, por uma variedade de razões, não estamos prontos para apoiar este projeto, mas estamos abertos a negociações e a obter mais informações antes dele ser colocado em votação no plenário", disseram em um comunicado conjunto os senadores Rand Paul, Mike Lee, Ron Johnson e Ted Cruz.

O projeto de lei não revogaria o Obamacare nem diminuiria os custos de saúde, disseram.

Para o projeto ser aprovado, o Partido Republicano só pode perder o apoio de dois de seus 52 senadores, assumindo que os 48 senadores democratas e independentes se opõem à lei como esperado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos