Ataque suicida deixa 12 mortos e mais de 40 feridos em Camarões

DUALA (Reuters) - Duas mulheres-bomba mataram ao menos 12 pessoas e deixaram mais de 40 feridos em uma pequena cidade no norte de Camarões perto da fronteira com a Nigéria na noite de quarta-feira, disseram à Reuters uma fonte graduada do Exército e uma autoridade local.

"Houve 14 mortes, incluindo as duas mulheres-bomba, e 42 feridos", disse um coronel responsável por remover os feridos, que pediu anonimato. "O ataque foi conduzido por uma mulher-bomba e a outra foi morta a tiros".

O ataque foi conduzido por duas mulheres que entraram em uma área movimentada no centro de Waza, que fica a 8 quilômetros da fronteira com a Nigéria, disse Midjiyawa Bakari, o governador da área onde aconteceu o incidente. Ele disse que 13 foram mortos e que 43 ficaram feridos. Um bebê está entre os mortos, afirmou.

Muitos ficaram severamente feridos e foram levados para hospitais próximos, afirmou.

Nenhum grupo reivindicou responsabilidade pelo ataque, mas a região tem sido alvo frequente de militantes do Boko Haram em sua tentativa de oito anos de estabelecer um califado islâmico para além da Nigéria.

(Reportagem de Josiane Kouagheu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos