EUA apontam prioridades para negociações do Nafta

WASHINGTON (Reuters) - Os Estados Unidos indicaram nesta segunda-feira suas prioridades para a renegociação do acordo comercial do Nafta e disseram que vão se concentrar em garantir um melhor acesso aos bens dos EUA exportados para Canadá e México, a fim de reduzir o déficit comercial norte-americano.

No documento enviado ao Congresso para reformar o Acordo de Livre Comércio da América do Norte, o representante de comércio dos EUA, Robert Lighthizer, afirmou que o governo se esforçará para eliminar os subsídios injustos e as práticas comerciais que distorcem o mercado.

"Muitos americanos foram prejudicados por fábricas fechadas, empregos exportados e promessas políticas não cumpridas", disse Lighthizer em um comunicado. "Sob a liderança do presidente Trump, o USTR (órgão responsável pelo comércio) negociará um acordo justo."

(Reportagem de Lesley Wroughton)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos