Homens armados atacam unidade de segurança na Costa do Marfim para roubar armas

Por Joe Bavier

ABIDJAN (Reuters) - Homens armados, alguns deles com uniformes militares, atacaram a base de uma unidade de segurança de elite na principal cidade da Costa do Marfim e roubaram estoques de armas como parte de uma série de conflitos noturnos, informou o ministro de Defesa nesta quinta-feira.

O ataque, realizado na noite de quarta-feira em Abidjan, foi a mais recente crise de violência após meses de motins militares. O incidente veio apenas algumas horas depois que o governo reorganizou importantes cargos de segurança, e dois dias antes de a Costa do Marfim sediar um evento que receberá milhares de pessoas do mundo francófono.

Os tiros começaram por volta de 21h30 (no horário local) na academia nacional de polícia, que fica no bairro de Cocody, e durou por aproximadamente uma hora, de acordo com uma testemunha da Reuters.

A academia contém uma parte do CCDO, uma unidade de resposta rápida composta por policiais, gendarmes e soldados que é uma das mais bem equipadas das forças de segurança da Costa do Marfim.

"Ontem à noite a escola de polícia, que abriga uma parte do CCDO, foi atacada por homens armados, visivelmente com o objetivo de pegar armas", disse o ministro da Defesa, Hamed Bakayoko, à Reuters, durante uma visita à base na manhã desta quinta-feira.

A partir de sexta-feira, Abidjan sediará os Jeux de la Francophonie (Jogos da Francofonia), um evento esportivo e cultural de dez dias com expectativa de participação de cerca de 3.000 atletas e artistas de todo o mundo de idioma francês.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos