Exército sírio declara cessar de hostilidades no leste da capital, diz TV estatal

BEIRUTE (Reuters) - O exército sírio declarou neste sábado cessar de hostilidades na região oriental de Ghouta, controlada por rebeldes perto da capital, informou a televisão estatal.

A parte oriental de Ghouta, que abrange os subúrbios de leste a nordeste de Damasco, está há muito tempo sob o controle da oposição em meio ao conflito que já dura seis anos, enquanto rebeldes têm perdido território na região oeste. A TV estatal citou "a cessação dos combates em diversas áreas da parte oriental de Ghouta".

Conforme a transmissão, a interrupção dos combates começou ao meio dia do horário local e "qualquer violação receberia uma resposta apropriada".

O grupo rebelde sírio Failaq al-Rahman, que atua nessa região, recepcionou bem o cessar de hostilidades e disse que iniciativas para cessar-fogo são os primeiros passos para solucionar o conflito sírio. No Twitter, o porta-voz do grupo rebelde Waiel Olwan afirmou que o governo deve respeitar a trégua.

Já ocorreram diversas tentativas de um cessar-fogo duradouro na parte oeste da Síria, onde rebeldes perderam territórios para as forças do governo e seus aliados no último ano. As tréguas regionais têm sido interrompidas com frequência, com ambos os lados atribuindo a culpa ao outro.

O Observatório Sírio para Direitos Humanos, que monitora o conflito, disse que ocorreram incidentes isolados de artilharia desde que o cessar-fogo entrou em vigor, mas sem grandes combates.

Estados Unidos, Rússia e Jordânia alcançaram neste mês um acordo de cessar-fogo para minimizar o conflito na região sudoeste do país, o que reduziu a violência.

Porém, os combates continuaram em outras frentes de combate, como a região oriental de Ghouta, área em que a oposição disse que o governo realizou ataques com bombas de gás, em 2013. O governo nega.

(Por John Davison)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos