Caças chineses interceptam avião militar dos EUA, dizem autoridades norte-americanas

WASHINGTON (Reuters) - Dois caças chineses interceptaram um avião de vigilância da Marinha dos Estados Unidos sobre o Mar do Leste da China durante o final de semana, com um chegando a até 91 metros da aeronave dos EUA, disseram duas autoridades norte-americanas à Reuters nesta segunda-feira.

As autoridades disseram que relatórios iniciais mostraram que uma das aeronaves chinesas J-10 se aproximou de um avião EP-3 dos Estados Unidos no domingo, fazendo com que a aeronave norte-americana mudasse de direção. As autoridades falaram sob condição de anonimato, porque não estão autorizadas a discutir publicamente o assunto.

Uma das autoridades disse que o jato chinês estava equipado com armas e que o incidente aconteceu a 148 km da cidade chinesa de Qingdao.

Incidentes como a intercepção de domingo não são incomuns.

Em maio, duas aeronaves chinesas SU-30 interceptaram um avião norte-americano configurado para detectar radiação, enquanto voava no espaço aéreo internacional sobre o Mar do Leste da China.

A China desconfia profundamente de qualquer atividade militar dos EUA em seu litoral.

(Reportagem de Idrees Ali)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos