Ataques aéreos e bombardeios abalam trégua em Damasco apoiada por Moscou

BEIRUTE (Reuters) - Ataques aéreos deixaram ao menos nove mortos na região síria de Ghouta Oriental, perto da capital Damasco, durante a noite, e bombardeios insurgentes a partir de áreas controladas por rebeldes se aproximaram da embaixada russa nesta terça-feira, relatou um grupo de monitoramento da guerra.

O combate contrariou uma trégua apoiada pela Rússia na área. O Exército sírio declarou um cessar de hostilidades na região no sábado.

A Rússia, uma aliada militar do presidente da Síria, Bashar al-Assad, disse ter mobilizado policiais militares para Ghouta Oriental na segunda-feira para tentar reforçar uma zona de redução da violência, que disse ter sido acordada com a oposição síria local.

O Observatório Sírio para Direitos Humanos disse que vítimas causadas pelos ataques aéreos na cidade de Arbin marcaram as primeiras mortes civis desde que a trégua entrou em vigor.

Outros ataques aéreos visaram a área na manhã desta terça-feira, deixando quatro feridos, disso o Observatório.

(Reportagem de Tom Perry e Sarah Dadouch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos