Massa desiste de teste da F1 em Budapeste e foco se volta para Kubica

Por Alan Baldwin

BUDAPESTE (Reuters) - Felipe Massa desistiu de participar do teste de Fórmula 1 em Budapeste nesta semana depois de se ausentar do Grande Prêmio da Hungria por causa de um mal-estar.

A Williams, equipe do piloto brasileiro, disse nesta segunda-feira que o canadense Lance Stroll irá correr na terça-feira e que o jovem italiano Luca Ghiotto fará seu primeiro teste na quarta-feira, tal como programado.

Massa, que sentiu tontura nos treinos de sexta-feira e sábado, foi substituído no final de semana pelo experiente piloto reserva britânico Paul di Resta.

O brasileiro deve voltar ao cockpit para o Grande Prêmio da Bélgica no final de agosto, embora isso ainda seja uma certeza.

"Acho que estamos otimistas. Realmente seria muita pena se ele não estivesse pronto para Spa", disse o diretor técnico da equipe, Paddy Lowe, no fim de semana. "Será daqui a quatro semanas, então ele deve estar em boa forma até lá".

Embora o teste tenha como prioridade dar tempo de pista a novos pilotos, e em alguns casos um primeiro contato com a F1, o foco da mídia em Hungaroring estará na Renault e no retorno de Robert Kubica.

O polonês de 32 anos, vencedor de um GP com a BMW Sauber em 2008, irá pilotar um carro de Fórmula 1 atual pela primeira vez depois de impressionar em testes anteriores com modelos mais antigos e no simulador da equipe.

Kubica pode ser cogitado como substituto do decepcionante britânico Jolyon Palmer na Renault, o que seria uma volta notável para um piloto cuja carreira na modalidade parecia encerrada depois de um acidente quase fatal sofrido em 2011.

Kubica teve parte do antebraço amputada depois de bater um carro de rally em um evento menor no nordeste da Itália do qual participou por diversão antes do início da temporada de F1 daquele ano.

Antes do GP húngaro, o chefe da Renault Sport F1, Cyril Abiteboul, disse que Kubica não é uma ameaça imediata a Palmer, mas que a escuderia está analisando suas opções para a próxima temporada.

"O que estamos fazendo com Robert não tem nada a ver com o que Jo fizer neste final de semana ou mesmo depois da pausa do verão (europeu)", afirmou o francês ao site motorsport.com.

"Jo pilotará em Spa, e o plano é que ele pilote até o final da temporada".

Mas ele também disse que espera que Palmer marque seus primeiros pontos na campanha – algo que o britânico ainda não fez. Atualmente ele é um dos dois únicos pilotos sem pontos depois de 11 corridas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos