Produção de petróleo do Brasil cresce em junho com impulso do pré-sal

Por Marta Nogueira

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A produção de petróleo no Brasil cresceu 0,8 por cento em junho ante maio para 2,675 milhões de barris por dia (bpd), em seu segundo avanço mensal consecutivo, impulsionada pelo desenvolvimento de áreas do pré-sal, cuja extração ultrapassou o pós-sal pela primeira vez.

Já na comparação com junho de 2016, a produção de petróleo no Brasil cresceu 4,5 por cento no mês passado, apontaram dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta segunda-feira.

Em nota, a ANP destacou que a produção de petróleo no pré-sal em junho atingiu 1,353 milhão de bpd, enquanto a do pós-sal foi de 1,322 milhão de bpd.

A produção de gás natural em junho, por sua vez, somou 111 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d), alta de 6,1 por cento se comparada ao mês anterior e avanço de 7,4 por cento ante o mesmo mês de 2016.

Os campos operados pela Petrobras produziram 94 por cento do petróleo e gás natural em junho.

Nos primeiros meses do ano, a produção havia sido afetada por um grande número de paradas para manutenção da Petrobras, segundo informações da própria companhia, depois de o país registrar em dezembro um recorde de produção.

A petroleira estatal informou anteriormente que o aumento de sua produção em junho foi devido, principalmente, ao retorno à produção da plataforma P-43, nos campos de Barracuda e Caratinga, na Bacia de Campos, e do FPSO Cidade de Mangaratiba, no campo de Lula, na Bacia de Santos.

Já produção total de petróleo e gás natural no país em junho foi de 3,37 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d).

Do montante total, o pré-sal foi responsável por 49,6 por cento em junho, com a produção de 1,353 milhão de bpd e 53 milhões de m³/d, totalizando 1,686 milhão de boe/d, alta de 6,4 por cento em relação ao mês anterior.

A Petrobras produziu em junho, segundo os cálculos da ANP, 2,074 milhões de bpd, alta de 0,3 em relação a maio.

Já a anglo-holandesa Shell, segunda maior produtora de óleo e gás do Brasil e sócia da Petrobras em áreas do pré-sal, produziu em junho 315,048 mil bpd, alta de 6 por cento ante o mês anterior, segundo os dados da ANP.

(Por Marta Nogueira)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos