Câmara dos Deputados volta a atingir quórum mínimo para votar denúncia contra Temer

BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara dos Deputados voltou a atingir o quórum mínimo de 342 presentes em plenário, necessário para votar a denúncia contra corrupção contra o presidente Michel Temer.

Para que a Câmara autorize o Supremo Tribunal Federal (STF) a julgar se aceita ou não a denúncia contra Temer, são necessários os votos de 342 deputados favoráveis à peça acusatória do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos