Incêndio consome arranha-céu de Dubai pela segunda vez

Por William Maclean

DUBAI (Reuters) - Um incêndio consumiu um dos mais altos prédios residenciais de Dubai nesta sexta-feira, no mais recente de uma série de incidentes em grandes edifícios nos Emirados Árabes Unidos ao longo dos últimos anos.

Chamas atingiram as laterais do prédio Marina Torch, no segundo incêndio a assolar o arranha-céu desde 2015, forçando centenas de moradores a deixar o edifício enquanto destroços queimados caiam da estrutura de 337 metros e 79 andares.

"Nós estávamos dormindo e acordamos com o alarme de incêndio e com as pessoas gritando. Nós descemos correndo as escadas e demoramos cerca de 10 minutos para chegar do 50º andar", disse um morador chamado George à Reuters.

O prédio foi esvaziado e não houve relatos de feridos nem informações de imediato sobre a causa do incêndio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos