Líder de oposição venezuelano Ledezma volta para prisão domiciliar, diz mulher

CARACAS (Reuters) - O líder opositor venezuelano Antonio Ledezma voltou para casa na madrugada desta sexta-feira, levado pelo serviço de inteligência, para cumprir prisão domiciliar, informou a esposa do político no Twitter.

Ledezma havia sido retirado da prisão domiciliar e mandado de volta a um presídio no início da semana, por ordem de um juiz.

(Reportagem de Deisy Buitrago)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos