Homem acusado de sequestrar modelo britânica é preso na Itália

MILÃO (Reuters) - A polícia italiana disse neste sábado ter prendido um homem de 30 anos suspeito de sequestrar uma modelo britânica em Milão, ameaçando leiloá-la na internet se um resgate de 300 mil dólares não fosse pago.

Em um comunicado, a polícia informou que a britânica de 20 anos havia chegado a Milão em 10 de julho para uma suposta sessão de fotos marcada por seu agente.

No entanto, quando chegou ao estúdio no dia seguinte, ela foi agredida e drogada, sendo levada a um carro e depois a uma pequena vila perto de Turim, onde foi mantida prisioneira de Lukasz Pawel Herba, um residente de Londres nascido na Polônia, segundo a Polícia.

Herba a libertou em 17 de julho e a acompanhou até o consulado britânico em Milão.

Durante o cativeiro, Herba pediu um resgate de 300 mil dólares ao agente da modelo, para não vendê-la online. Embora ela tenha sido libertada, nenhum resgate foi pago, disse a polícia.

(Reportagem de Valentina Za)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos