Tempestades forçam retirada de quase 190 mil pessoas no nordeste da China

PEQUIM (Reuters) - Tempestades assolaram Liaoning, província do nordeste da China, durante vários dias, matando três pessoas e forçando a retirada de quase 190 mil, relatou a agência de notícias estatal Xinhua nesta segunda-feira.

As tempestades, que começaram na quinta-feira, atingiram sete cidades, incluindo a importante cidade portuária de Dalian, disse a Xinhua.

    Três mortes foram relatadas no condado de Xiuyan da cidade de Anshan, informou a reportagem, sem dar detalhes.

    Um total de 188 mil moradores locais foram retirados para terras mais seguras, mais de mil casas desabaram e 66.400 hectares de terras de cultivo foram danificados, segundo a Xinhua.

    O verão chinês costuma ser a estação das tempestades. Tufões assolam os litorais leste e sul, e tempestades se abatem sobre vastas porções do país.

    (Por Ben Blanchard)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos