Tillerson diz que EUA e Rússia podem resolver problemas e aliviar tensão

Por Karen Lema

MANILA (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson, disse nesta segunda-feira que acredita que Washington e Moscou podem encontrar uma maneira de aliviar a tensão, dizendo que não seria útil cortar os laços entre os dois países devido à suspeita de interferência russa na eleição dos Estados Unidos.

Tillerson disse que a Rússia também havia expressado boa vontade para concluir negociações sobre a crise na Ucrânia, onde um cessar-fogo de 2015 entre forças de Kiev e separatistas apoiados pela Rússia no leste do país é frequentemente violado.

"Nós devemos encontrar lugares em que possamos trabalhar juntos... Nos lugares em que temos diferenças, nós vamos ter que continuar a encontrar maneiras de lidar com elas", disse Tillerson a repórteres.

Tillerson encontrou com seu equivalente russo, Sergei Lavrov, nos bastidores de uma reunião internacional em Manila no domingo, onde ele também perguntou sobre a retaliação de Moscou às novas sanções dos Estados Unidos contra a Rússia.

O encontro foi o primeiro desde que o presidente norte-americano, Donald Trump, relutantemente transformou em lei as sanções que a Rússia disse totalizarem em uma guerra comercial de larga escala e terminarem com as esperanças para melhores laços bilaterais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos