Aerolíneas Argentinas interrompe venda de passagens para Venezuela por contexto político, diz porta-voz

BUENOS AIRES (Reuters) - A companhia aérea Aerolíneas Argentinas não está mais vendendo passagens para a Venezuela devido ao "contexto" político e social atravessado pelo país, disse nesta quarta-feira uma porta-voz da empresa à Reuters.

"Não estamos vendendo passagens porque não parece muito claro o panorama para o futuro, e não queremos continuar somando passageiros que eventualmente não possam viajar", disse a porta-voz.

A empresa havia cancelado seu voo semanal para Caracas de sábado passado e também do dia 12 de agosto devido a questões operacionais em consequência da crise política, econômica e social atravessada pela Venezuela.

(Reportagem de Eliana Raszewski)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos