EUA impõem sanções a mais 8 venezuelanos, incluindo irmão de Chávez; poupam setor de petróleo

WASHINGTON (Reuters) - O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, impôs sanções a mais oito autoridades venezuelanas, incluindo um irmão do ex-presidente Hugo Chávez, devido ao envolvimento na criação de uma Assembleia Constituinte convocada pelo presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disseram autoridades norte-americanas.

As novas medidas anunciadas pelo Departamento do Tesouro irão congelar ativos das pessoas afetadas, além de proibi-las de viajar para os Estados Unidos e vetar norte-americanos de fazer qualquer tipo de negócio com elas.

Autoridades dos EUA disseram que essa nova rodada de sanções não inclui medidas contra o setor petroleiro da Venezuela.

Washington impôs sanções contra o próprio Maduro na semana passada, após tomar ação similar contra outras 13 autoridades venezuelanas em 26 de julho.

(Reportagem de Matt Spetalnick)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos