Acidente de trem no Egito deixa 36 mortos e mais de 100 feridos

CAIRO (Reuters) - Dois trens colidiram na cidade costeira egípcia de Alexandria nesta sexta-feira, deixando 36 mortos e mais de 100 feridos, informou o Ministério de Saúde do Egito.

A colisão que aconteceu às 14h15 (9h15 no horário de Brasília) perto da estação Khorshid, no caminho do Cairo, provocou o descarrilamento do motor de um trem e de dois vagões de outro, informou a Autoridade Ferroviária Egípcia.

Um erro na mudança de ferrovia é a causa mais provável da colisão, disse uma fonte da área de segurança, sem dar detalhes adicionais.

O promotor público Nabil Sadek ordenou uma investigação urgente, afirmou.

Uma autoridade médica disse à TV estatal que alguns feridos ainda estavam presos nos trens.

Imagens do local do acidente exibidas pela televisão estatal mostraram dezenas de pessoas aglomeradas em torno de vagões danificados, com corpos de pessoas mortas no chão.

"O trem em que eu estava viajando estava indo muito rápido", disse o passageiro Moumen Youssef. "Eu me vi no chão. Quando nós saímos, nós encontramos quatro vagões de trem destruídos e muitas pessoas no chão".

Em 2012, 50 pessoas --na maioria crianças-- morreram quando um trem colidiu com um ônibus escolar ao sul do Cairo, ampliando ainda mais a insatisfação popular com as autoridades devido à antiquada rede de transporte público do Egito.

(Reportagem de Ahmed Tolba, Mostafa Hashem e Ellen Francis)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos