Ataque aéreo no Afeganistão mata comandantes do Estado Islâmico

Por Josh Smith

CABUL (Reuters) - Vários altos membros de um grupo afiliado ao Estado Islâmico na Ásia Central foram mortos em um ataque aéreo das forças dos Estados Unidos no Afeganistão, disseram autoridades neste domingo.

O ataque realizado na quinta-feira matou Abdul Rahman, identificado pelas forças militares norte-americanas como o emir provincial do Iraque e Síria-Khorasan para o Estado Islâmico, de acordo com uma declaração do comando em Cabul.

"A morte de Abdul Rahman traz mais um golpe para a alta liderança do grupo", disse o general John Nicholson, comandante dos EUA no Afeganistão.

Três outros altos membros do grupo estavam entre os mortos no ataque na província oriental de Kunar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos