Oposição britânica tenta suavizar regras da lei de saída da UE

LONDRES (Reuters) - O Partido Trabalhista britânico, de oposição, fará propostas de mudanças à lei de revogação da União Europeia para garantir que ela não excluirá a permanência do Reino Unido no mercado comum e na união aduaneira da União Europeia como parte do período de transição do Brexit, segundo o jornal The Times.

Na quinta-feira, legisladores britânicos realizarão o primeiro debate parlamentar integral sobre a lei chamada de "Lei da Grande Revogação", que vai cortar os laços do país com a UE. 

A primeira oportunidade para avançar emendas à lei, seja por mudanças ou acrescentando novas cláusulas, virá em estágios posteriores.

O Partido Trabalhista pedirá que a primeira-ministra Theresa May faça uma série de mudanças, inclusive permitindo que o Parlamento replique qualquer nova lei da UE em direitos trabalhistas, meio-ambiente e proteção ao consumidor, publicou o The Times, citando uma carta enviada pelo porta-voz trabalhista ao ministro David Davis. 

O partido, liderado pelo esquerdista Jeremy Corbyn, também dirá que o Reino Unido deve continuar a participar da união aduaneira, mercado comum e da Corte de Justiça da Europa durante o período de transição. Espera atrair apoio de legisladores conservadores pró-Europa.

Os trabalhistas não ofereceram comentários ao serem contactados pela Reuters, neste sábado.

O partido disse, semana passada, que queria manter o Reino Unido no mercado único e na união aduaneira da Europa, por um tempo, mesmo depois de o Reuno Unido deixar a UE formalmente, em 2019, oferecendo uma alternativa à posição do governo conservador.

A passagem da lei pelo parlamento pode construir ou destruir o futuro de May, depois que ela perdeu a maioria no parlamento, na eleição de junho, reabrindo o debate sobre a natureza do Brexit. 

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos