China pede que Coreia do Norte "pare de tomar atitudes erradas"

NAÇÕES UNIDAS (Reuters) - O embaixador da China na ONU, Liu Jieyi, pediu que a Coreia do Norte "pare de tomar atitudes que são erradas" e que todos os envolvidos "considerem seriamente" a proposta de Pequim para uma suspensão coletiva dos programas nuclear e de mísseis balísticos de Pyongyang e dos exercícios militares dos Estados Unidos e da Coreia do Sul.

"Nós apelamos fortemente que a (Coreia do Norte)... pare de tomar atitudes que são erradas, deteriorando a situação e nem mesmo em linha com seus próprios interesses e que volte verdadeiramente ao trilho de resolver o problema por meio do diálogo", disse Liu ao Conselho de Segurança da ONU.

A Coreia do Norte conduziu seu sexto e mais poderoso teste nuclear no domingo, que disse ter sido de uma bomba de hidrogênio avançada para um míssil de longo alcance, desencadeando condenação global e um alerta de resposta militar "maciça" pelos Estados Unidos, caso seu território ou seus aliados sejam ameaçados.

(Reportagem de Michelle Nichols)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos